JUSTIÇA

Tenente é condenado a 150 anos de prisão por duas mortes e 11 tentativas de homicídio em 2006

Júri popular formado por quatro homens e três mulheres decidiu que Sebastião Antônio Félix é culpado por ação praticada pela equipe que chefiava em 2006

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 16/07/2015 às 8:17
Leitura:
Foto: Arquivo/JC Imagem


O tenente da Polícia Militar Sebastião Antônio Félix foi considerado culpado pelo duplo homicídio triplamente qualificado durante julgamento no Fórum Desembargador Rodolfo Aureliano, que na Ilha de Joana Bezerra, área Central do Recife. O oficial coordenava a equipe que abordou um grupo de policiais acusador de torturar 13 adolescentes durante o carnaval de 2006. Ele vai recorrer em liberdade pela condenação a 150 anos e 6 meses de prisão.

De acordo com os autos do processo, os adolescentes foram obrigados atravessar o Rio Capibaribe a nado. Na travessia, dois jovens acabaram morrendo afogados: Zinael José Souza da Silva, de 17 anos, e Diogo Rosendo Ferreira, 15 anos.

O julgamento durou dois dias na primeira vara do tribunal do júri no fórum do recife e foi decidido por um conselho de sentença formado por quatro homens e três mulheres. Como a defesa vai recorrer, o tenente Sebastião Antônio Félix irá manter a rotina em Ouricuri, no Sertão.

Antes de ser condenado, o oficial da Polícia chegou a insinuar que era vítima de uma aramção. Ouça:

Em outro julgamento, o policial Militar Irandir Antônio da Silva foi absolvido a pedido do Ministério Público. Já o sargento Aldenis Carneiro da Silva e os soldados José Marcondi Evangelista e Ulisses Francisco da Silva foram condenados a 98 anos de prisão por homicídio triplamente qualificado e 11 tentativas de assassinato. Os réus também recorrem em liberdade da sentença proferida pelo Tribunal de Justiça de Pernambuco.

Outros três policiais militares vão encarar o banco dos réus em data a ser agendada pelo TJPE. A mãe de um dos adolescentes mortos, Zineide Maria de Souza, afirma que a justiça finalmente está sendo feita:

Mais Lidas