Caruaru

Taxista que passou quatro dias no porta-malas vai à polícia tentar identificar trio de assaltantes

Roberto Leandro de Oliveira Silva trabalha em Caruaru em foi sequestrado na última terça-feira em Bezerros enquanto ia para João Pessoa

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 21/07/2015 às 6:22
Leitura:

O taxista Roberto Leandro de Oliveira Silva, de 38 anos, passava pela BR-232, na Encruzilhada de São João, Zona Rural de Bezerros em direção a João Pessoa quando dois homens e uma mulher pararam o veículo pedindo uma corrida. A vítima foi rendida e colocada no porta-malas do carro na terça-feira da semana passada, dia 14, onde ficou por quatro dias.

O taxista que trabalha na praça de Caruaru foi obrigado a sacar R$ 800 em Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife. O veículo foi localizado na manhã do último sábado (18), nas imediações da Escola Mário Matos, no Bairro da Brasília em Garanhuns.

Mesmo debilitado por passar dias sem comer e beber água, a vítima contou que os assaltantes o ameaçavam de morte o tempo todo. Natália Silva, filha de Roberto Leandro, se mostra calma e agradecida ao reencontrar o pai com vida:

Mais Lidas