CRIME

Escrivão da Polícia Civil é assassinado a tiros por outro policial no Sertão de Pernambuco

O corpo do escrivão foi encaminhado ao Instituto de Medicina Legal (IML) de Caruaru. Luciano José Gonçalves Bezerra deve ser sepultado ainda nesta segunda-feira (27), na cidade de Triunfo

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 27/07/2015 às 13:56
Leitura:
Foto: Divulgação / Polícia Civil


Um escrivão da Polícia Civil foi assassinado a tiros na noite desse domingo (26) no centro de Triunfo, no Sertão de Pernambuco. De acordo com informações da polícia, o escrivão Luciano José Gonçalves Bezerra, de 36 anos, estava jantando com um grupo de policiais no restaurante Cachaçaria Triunfo, um dos principais pontos turísticos da cidade, quando o também policial, Phares Roberto da Silva, efetuou cinco disparos.

A motivação do crime seria ciúme. De acordo com o delegado responsável pelo caso, Sérgio Ricardo, o escrivão teria paquerado a namorada de Phares Roberto. Saiba mais na reportagem de Stephanie Männicke:


O escrivão, que trabalhava em Flores, também no Sertão, não resistiu aos ferimentos e morreu no local do crime. O agente, que trabalha na delegacia de Serra Talhada, fugiu usando a moto de um mototaxista. O veículo foi encontrado na saída de Triunfo. Phares Roberto da Silva ainda não foi localizado pela polícia.

O corpo do escrivão foi encaminhado ao Instituto de Medicina Legal (IML) de Caruaru, no Agreste. Luciano José Gonçalves Bezerra deve ser sepultado ainda nesta segunda-feira (27), na cidade de Triunfo.

Mais Lidas