Efeito da crise na cidade de Ipojuca é destaque no Passando a Limpo desta terça-feira

O prefeito Carlos Santana afirmou que a população, atualmente, vive outro momento no município. A crise afetou vários pontos da economia da cidade

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 28/07/2015 às 10:53
Leitura:
Foto: Pedro Souza


A bancada do Passando a Limpo desta terça-feira (28), deu destaque ao efeito que a cidade de Ipojuca, na Região Metropolitana do Recife, sente devido a crise que o Brasil vive. Geraldo Freire, Graça Araújo, Wagner Gomes e Rafael Souza conversaram, ao vivo, com o prefeito da cidade, Carlos Santana.

Um dos principais focos da conversa foi o sucesso que era Ipojuca devido a Suape e ao Estaleiro, o que gerava tanto trabalho. O prefeito afirmou que a população, atualmente, vive outro momento no município. A crise afetou vários pontos da economia da cidade, o que gerou várias demissões e deixou as pessoas apreensivas. "Números de empregados em Suape se reduziu de 74 para 28 mil pessoas", afirmou o prefeito de Ipojuca, Carlos Santana.

Confira a entrevista completa na íntegra:

Os comunicadores também conversaram sobre o alto preço do dólar e mencionaram, também, o novo comando da Sudene que, agora, fica sob responsabilidade do ex-prefeito do Recife, João Paulo. A saúde também foi detaque no Passando a Limpo, o grupo comentou o avanço no combate a Hepatite C.

Ouça o Passando a Limpo completo:

Mais Lidas