SEGURANÇA

Governo do Estado cria comitê de enfrentamento à violência em dias de jogos de futebol

O comitê cai contar com representantes do Tribunal de Justiça, Ministério Público de Pernambuco, polícias Civil e Militar, Corpo de Bombeiros, Federação Pernambucana de Futebol, e gestores do Sport, Náutico e Santa Cruz.

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 28/07/2015 às 6:23
Leitura:
Foto: Guga Matos/JC Imagem


Em 2014, um torcedor do Sport morreu na saída do Estádio do Arruda ao ser atingido por um vaso sanitário arremessado por tricolores. Este ano, os metroviários fecharam as estações com medo da violência em dias de jogos. Todos os anos, motoristas e cobradores pedem demissão por não aguentar a pressão de trabalhar nas linhas usadas para ir a estádios.

Para combater o clima de insegurança, o Governo do Estado criou um comitê permanente de enfrentamento a violência no futebol. O objetivo é que representantes do Tribunal de Justiça, Ministério Público de Pernambuco, polícias Civil e Militar, Corpo de Bombeiros, Federação Pernambucana de Futebol, tracem estratégias junto com representantes do Sport, Náutico e Santa Cruz.

O comitê será instalado às 15h nesta terça-feira (28), em cerimônia oficial no Palácio do Campo das Princesas. O promotor Agnaldo Fenelon é integrante do observatório nacional de manifestações esportivas:

Mais Lidas