DEBATE

Obras da BR-101 vão começar antes do final do ano, diz governador Paulo Câmara

O socialista participou de debate com Geraldo Freire e garantiu que rodovia não terá pedágios

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 31/07/2015 às 12:24
Leitura:
Foto: Rafael Souza/Rádio Jornal


No dia em que termina o seu sétimo mês de governo, Paulo Câmara (PSB) esteve na Rádio Jornal para fazer o balanço de suas promessas e ações. O tema mobilidade dominou grande parte da conversa com o comunicador Geraldo Freire, nesta sexta-feira (31), que também contou com a presença dos colunistas dos cadernos de política e economia do Jornal do Commercio, Giovane Sandes e Fernando Castilho.

Acompanhe o debate na íntegra nos áudios abaixo:

Sobre a reforma da BR-101, Paulo Câmara afirmou que espera começar as obras até o final do ano. De acordo com o Governador, o trecho urbano da rodovia não deve ter pedágios, mesmo com concessão. Em relação ao miniarco metropolitano, o socialista afirmou que ainda está esperando a conclusão de estudos antes do lançamento do edital.

Recém chegado da reunião da presidente Dilma Rousseff com os governadores de todo o País, na última quinta-feira (30), Paulo Câmara adotou um tom conciliador e disse que a chefe da nação se disponibilizou a ouvir mais os gestores estaduais. "A presidente Dilma nos garantiu que não haverá contingenciamento das obras hídricas do Nordeste", completou.

O Governador de Pernambuco também afirmou que "nem no cenário mais pessimista" imaginava que a situação do estado seria tão grave. "Repasses do SUS atrasaram no fim do ano passado. A situação é apertada", declarou.

No lado mais político do programa, o socialista respondeu às críticas feitas pelo senador licenciado e ministro da indústria, Armando Monteiro Neto (PTB), de que o governador não o procura: “Não tenho problemas de procurar o ministro Armando, mas eu tenho as portas abertas em Brasília. Não preciso de intermediários", disparou. Sobre o ex-governador e deputado federal Jarbas Vasconcelos (PMDB), que é cotado para disputar a prefeitura do Recife no ano que vem, contra a reeleição de Geraldo Julio (PSB), Paulo disse que “Jarbas é uma voz sempre a ser ouvida, mas acredito que estaremos todos juntos em 2016”.

Mais Lidas