POR TEMPO INDETERMINADO

Detran entra em greve, mas Operação Lei Seca não será afetada

Os servidores reivindicam a progressão do plano de cargos e carreiras, reposição das perdas salariais e gratificação de produtividade para quem trabalha no atendimento ao público na sede e nos Ciretrans

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 05/08/2015 às 8:34
Leitura:
Categoria deflagrou greve na última sexta-feira (31), durante ato na Av. Caxangá

A Operação Lei Seca não será atingida pela greve por tempo indeterminado dos servidores do Detran, segundo o sindicato que representa a categoria. Durante o protesto que começa nesta quarta-feira (5) somente 30% dos serviços serão oferecidos.

São casos de urgência, como CNH vencida, entrega de documentos prontos e notas fiscais de veículos novos.
Os servidores reivindicam a progressão do plano de cargos e carreiras, reposição das perdas salariais e gratificação de produtividade para quem trabalha no atendimento ao público na sede e nos Ciretrans.

Nesta manhã, primeiro dia de paralisação dos servidores, a operação na sede do órgão está limitada a 30% de agluns serviços agendados. A sala de atendimento ao público, poucos servidores trabalhando. O repórter Rafael Carneiro foi ao local e conversou com o usuário Marcos Humberto, ele precisava emplacar a moto e não conseguiu realizar o serviço."Comprei a motocicleta e faz uma semana que espero esse agendamento. Chego aqui e ninguém dá notícias de como será esse atendimento", reclamou.

Alexandre Bulhões, presidente do sindicato dos servidores do Detran rebateu a informação do presidente do Detran de que não teria greve:



Saiba outros detalhes na reportagem de Rafael Carneiro:

Mais Lidas