CRIME

Policial Militar é morto durante patrulha escolar em Areias

De acordo com informações preliminares, o PM teria sido atingindo por dois elementos ao sair para comprar lanche

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 05/08/2015 às 21:57
Leitura:
Foto: Houldine Nascimento/Rádio Jornal

Morreu na noite desta quarta-feira (5), o policial militar Marcílio Ferreira Xavier, 33 anos. Ele chegou a ser transferido para o Hospital da Restauração, na área central do Recife. Informações preliminares deram conta de que dois homens passavam perto da Praça do Heroi, em Areias, na zona oeste do Recife, quando abordaram o PM. Um dos bandidos chegou a atingir o militar com um disparo por trás da cabeça.

Marcílio chegou a dar entrada no Hospital Otávio de Freitas, mas como a unidade não dispõe de neurologista foi transferido para o HR. A vítima estava ligada ao 12° batalhão da PM e fazia um lanche quando foi abordado. A morte foi confirmada pela direção do hospital.

Ouça a reportagem de Houldine Nascimento:

O comando da Polícia Militar de Pernambuco emitiu uma nota de pesar pelo ocorrido. Confira a nota na íntegra:

O comando da Polícia Militar de Pernambuco recebeu com profundo pesar, na noite dessa quarta-feira (5), a notícia da morte em serviço do soldado ARCÍLIO Ferreira Xavier, 32 anos, lotado no 12° BPM.

O PM estava desempenhando suas funções pelo programa Patrulha Escolar quando, próximo à Escola Estadual Heróis da Restauração, no bairro de Areias, em Recife, foi surpreendido por dois homens, que roubaram a arma com a qual fazia o policiamento, uma pistola .40, sendo, em seguida, executado de forma brutal e covarde.

A investida criminosa atenta contra todos os integrantes da Corporação e a sociedade Pernambucana, que confia no trabalho da Polícia Militar de Pernambuco e nos órgãos do sistema de segurança pública local para a prisão dos criminosos envolvidos na morte do PM.

O Comando Geral já determinou luto oficial por três dias em todas as unidades da Corporação, momento em que se solidariza com familiares, parentes e amigos, prestando toda assistência a família da vítima, através do 12° Batalhão e do Centro de Assistência Social da Corporação, bem como, enfatiza, a continuidade das diligências para a prisão dos envolvidos.

SD MARCÍLIO XAVIER - Lotado no12° Batalhão desde ano de 2009, tinha seis anos na PMPE. Casado, deixa uma filha de três meses de idade com a viúva. Na Patrulha Escolar, atuava por conta da parceria entre a Corporação a Secretária Estadual de Educação.

Coronel Pereira Neto
Comandante Geral

Mais Lidas