SAÚDE

Servidores do Hospital Oswaldo Cruz entram em greve nesta quinta

Paralisação por tempo indeterminado deixa apenas serviços essenciais mantidos

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 05/08/2015 às 10:39
Leitura:
Foto: Reprodução/ TV Jornal

Servidores do Hospital Oswaldo Cruz devem entrar em greve por tempo indeterminado e apenas serviços essenciais serão mantidos. A paralisação começa nesta quinta-feira (6) e atinge principalmente o ambulatório – marcação, consultas e exames. Por conta do protesto, as cirurgias eletivas agendadas na unidade de saúde da rede estadual também estão sendo suspensas.

Os servidores reclamam do corte no valor de R$ 23 da gratificação de desempenho em julho e que será ainda maior em agosto. A crise no hospital já chegou a comprometer o atendimento no setor de oncologia mas aos poucos os remédios estão sendo repostos.

O presidente do Sindicato dos Servidores da Universidade de Pernambuco José Rosa de Oliveira falou do caos. "Primeiro, o descaso com que esse hospital centenário vem sendo tratado ao longo desses anos. A falta de medicamentos, falta de condições de trabalho", denunciou Oliveira. "O setor de isolamento infantil, conhecido com bip infantil, continua fechado por falta de antibióticos, setores faltando esparadrapos", completou ele, dizendo ainda que a administração do hospital mexeu no dinheiro da produtividade do servidor para assumir compromissos que são do hospital.

Confira:

Mais Lidas