CAFÉ E CONVERSA

Negociações para que o Brasil passe a vender café para a China estão bem encaminhadas

Os chineses têm especial predileção pelo produto brasileiro devido à acidez equilibrada, o controle rigoroso de pragas e a seleção de grãos

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 06/08/2015 às 17:07
Leitura:
Foto: Reprodução internet


O vice-presidente da república, Michel Temer, afirmou ao nosso colunista, Romoaldo de Souza, que estão bem encaminhadas as negociações, com a Organização Internacional do Café, para que o Brasil passe a vender café para a China, um dos países que mais crescem no mundo e que ainda tem baixo consumo do produto.

Temer afirmou que o otimismo dos produtores brasileiros é justificável, mesmo que a maioria dos chineses prefira tomar chá. O motivo é porque são quase 3 milhões de sacas de café, por ano, que o país consome. Além disso, os chineses têm especial predileção pelo produto brasileiro devido à acidez equilibrada, o controle rigoroso de pragas e a seleção de grãos.

Confira o Café e Conversa completo na íntegra:

Mais Lidas