PARALISAÇÃO

Analistas tributários cruzam os braços e serviços da Receita Federal ficam prejudicados

Não haverá atendimento ao contribuinte nas delegacias, inspetorias e agências

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 10/08/2015 às 6:45
Leitura:


Os analistas tributários cruzam os braços a partir desta segunda-feira (10) e serviços da Receita Federal ficam prejudicados em Pernambuco. A paralisação de dois dias é organizada pelo Sindicato Nacional dos Analistas-tributários da Receita Federal do Brasil (Sindireceita).

Para o sindicato, a paralisação é uma resposta da categoria aos administradores do órgão, que estariam utilizando a estrutura da receita em benefícios próprios. Ainda segundo o sindicato, a cúpula da Receita Federal atua para desestruturar e prejudicar os analistas tributários. Com a suspensão das atividades, não haverá atendimento ao contribuinte nas delegacias, inspetorias e agências.

O Brasil conta, hoje, com oito mil analistas-tributários. Em Pernambuco, a receita tem cerca de 400 profissionais. Apenas 10% do quadro de servidores vão trabalhar nesta segunda-feira (10). Alexandre Souto, presidente do Sindicato dos Analistas Tributários de Pernambuco, fala sobre a reivindicação da categoria e sobre a paralisação do serviços.

E a partir das 9h, vai ser liberada a consulta ao terceiro lote de restituições do imposto de renda 2015. De acordo com o fisco, o terceiro lote vai pagar R$ 2 bilhões em restituições a mais de 1 milhão e setecentos mil contribuintes.

Para ter acesso ao lote, é preciso acessar a página da receita, na internet: receita.fazenda.gov.br ou pelo telefone 146. Quem for contemplado com o crédito, só poderá receber o dinheiro, a partir da segunda-feira (17) da semana que vem.

Mais Lidas