ECONOMIA E NEGÓCIOS

BC descarta adotar medidas extremas contra alta do dólar

Esse foi o assunto da coluna Economia e Negócios, desta quinta-feira (13), com o economista Adilson Chalegre

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 13/08/2015 às 13:17
Leitura:

O Banco Central não vai tomar medidas extremas para segurar artificialmente uma disparada do dólar, segundo assessores do Planalto, mesmo que a cotação da moeda norte-americana dispare, em uma eventual “agudização” da crise política no país. Segundo membros do Governo, isso representaria dar um benefício àqueles que querem tirar dinheiro do país: quanto mais alta a taxa de câmbio, menos dólares o investidor conseguirá adquirir no mercado brasileiro para remeter recursos para fora.

Ouça a coluna Economia e Negócios agora na íntegra:

Mais Lidas