VIOLÊNCIA

Carro de professor assassinado em restaurante passa por perícia

Veículo foi atingido por disparos dos assaltantes

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 14/08/2015 às 6:13
Leitura:
Foto: Sergio Bernardo/ JC Imagem

O carro do professor assassinado dentro de um restaurante, no Recife, vai passar por perícia, nesta sexta-feira (14), na Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). O veículo, que estava estacionado do lado de fora do restaurante Galetus, no bairro da Caxangá, foi perfurado por balas de revólver.

A perícia no carro é um dos trabalhos da polícia, que investiga a morte do professor José Renato de Souza, de 39 anos, no último domingo (9). Até agora, apenas duas pessoas foram identificadas, pela polícia, como suspeitas de participar do crime.

Um deles, Marcelo Henrique dos Santos, de 24 anos, foi preso e está no Cotel, em Abreu e Lima. O outro envolvido é um adolescente, de 17 anos, que confessou ter atirado contra o professor. Como se entregou à polícia, ele foi liberado.

As investigações seguem em busca de outras duas pessoas. Quem tiver informações pode ligar para o Disque-Denúncia, no telefone: 3421.9595.

E, depois de cinco dias do crime, o restaurante Galetus resolveu se posicionar sobre o caso. Em nota, a empresa lamentou a morte de José Renato e disse que vai reforçar a segurança do restaurante para evitar novos incidentes.

Amanhã, vai ser realizada a missa de sétimo dia em memória do professor José Renato de Souza. A celebração será, às 19h, na Igreja Matriz de Santa Isabel, no centro de Paulista.

Mais Lidas