DEBATE

Representantes do governo e oposição discutem a atual conjuntura política no debate desta segunda

Fernando Ferro, Mendonça Filho e Daniel Coelho falaram sobre as passeatas que marcaram o domingo e fizeram observações políticas sobre o ato

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 17/08/2015 às 14:37
Leitura:
Manifestações contra o governo marcaram o domingo (16)
Foto: JC Imagem


O debate da Super Manhã desta segunda-feira (17), governo e oposição discutiram a conjuntura política e econômica atual do país e de Pernambuco. O comunicador da maioria, Geraldo Freire, recebeu no estúdio da Rádio Jornal o ex-deputado federal pelo PT, Fernando Ferro e os deputados federais Daniel Coelho (PSDB) e Mendonça Filho (DEM).

Geraldo Freire iniciou o debate comentando sobre as passeatas e manifestações ocorridas nesse domingo (16) em todo o país. O ex-deputado Fernando Ferro entende que há um sentimento de repúdio ao governo, em alguns segmentos da sociedade, e foi manifestado nas caminhadas de domingo. “Eu acho isso natural do regime democrático (...) e condenar uma boa dose de preconceito, de irracionalidade, irresponsabilidade e de idiotice nas agressões na figura da presidente Dilma e do ex-presidente Lula”, disse o ex-deputado em referência a algumas imagens que, segundo ele, “desqualificam” e “humilham” um defeito físico.

Fernando Ferro
Foto: JC Imagem


O deputado Daniel Coelho considerou as movimentações importantes para democracia, sendo uma consolidação de algo que está acontecendo no Brasil há algum tempo. “Ela [a população] demonstra que não aceita o discurso de que a corrupção é normal e que faz parte da política brasileira. Corrupção não é normal, não é todo mundo que pratica corrupção e nós não podemos aceitar que a corrupção, desvios e roubalheiras façam parte do nosso dia-a-dia. A população quer punição dos culpados”, afirmou.

Daniel Coelho
Foto: JC Imagem


Mendonça Filho também comentou sobre os protestos de domingo (16) e discordou do posicionamento do ex-deputado Fernando Ferro, quanto à presença do público nas ruas. “O que se viu ontem, é que não houve depredação, não houve abuso de qualquer natureza, gente respeitosa, exercendo, livre e democraticamente, seu direito de protestar - assegurado pela constituição federal - uma manifestação pública e política, absolutamente respeitável”, mencionou. Mendoncinha falou ainda sobre a rejeição ao governo da presidente Dilma, motivando as pessoas a saírem para protestar.

Mendonça Filho
Foto: Acervo JC Imagem


Ouça o debate na íntegra:

Mais Lidas