ECONOMIA E NEGÓCIOS

Por meta de 2016, Dilma discute até corte de despesas obrigatórias

Esse foi o assunto da coluna Economia e Negócios, dessa terça-feira (18), com o economista Adilson Chalegre

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 18/08/2015 às 13:25
Leitura:

Enfrentando dificuldades para fechar as contas em 2015 sem déficit, a presidente Dilma Rousseff começou a discutir nessa segunda-feira (17) fortes medidas de ajustes nas despesas e aumento de receitas no próximo ano. O objetivo é garantir o cumprimento da meta fiscal de 0,7% do PIB em 2016. O tema foi discutido pela presidente com a equipe da Junta de Execução Orçamentária, da qual participam os ministros Aloizio Mercadante, da Casa Civil; Joaquim Levy, da Fazenda; e Nelson Barbosa, de Planejamento.

Ouça a coluna completa com o sócio consultor da Cedes Consultoria e Planejamento, Adilson Chalegre:

Mais Lidas