DEVOLUÇÃO

Sacrário roubado há 39 anos de Igreja no Grande Recife é devolvido

A apresentação da Urna será feita nesta terça-feira, durante uma reunião no Centro Arquidiocesano de Pastoral Dom Vital

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 18/08/2015 às 7:54
Leitura:
Foto: Internet

Será apresentado nesta terça-feira (18) ao clero o sacrário que foi roubado há 39 anos da Igreja Madre de Deus no Recife.

A apresentação da urna será feita na manhã desta terça-feira, durante uma reunião no Centro Arquidiocesano de Pastoral Dom Vital, que dica na Várzea, Zona Oeste do Recife.

A peça sacra, que é de madeira e recoberta com placas decoradas em prata, foi encontrada em poder de um herdeiro de colecionador particular, que concordou em devolvê-la após uma vistoria do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, o Iphan.

O relicário foi entregue ao presidente da Comissão Arquidiocesana de Pastoral para a Cultura, Frei Rinaldo Pereira , no Museu de Belas Artes, no Rio de Janeiro, no último dia 11.

O religioso falou sobre a importância do bem para a igreja. “ A reconquista deste bem, que foi roubado da Igreja da Madre de Deus em 1976, é uma prova também do empenho do Ministério Público Federal, do Iphan, e da Igreja, que na época também agiu prestando a queixa sobre o sumiço desse bem, que surtiu efeito, mesmo que 4 décadas depois. A recuperação de um patrimônio artístico, cultural e sobretudo religioso da nossa Arquidiocese e do nosso povo. Para nós hoje é um dia de festa, é um bem sacro, é importante saber a procedência. Se alguém desconfia que um bem sacro foi roubado e sabe da localização dele, é muito importante que denuncie”, disse.

A peça religiosa que é utilizada para guardar hóstias consagradas, passará a integrar o acervo do Museu de Arte Sacra de Pernambuco, o Maspe no Alto da Sé, em Olinda.

Confira outros detalhes na reportagem de Clarissa Siqueira:

Mais Lidas