ECONOMIA

Cenário da arrecadação motiva governo a economizar cerca de R$ 600 milhões ainda este ano

De acordo com o secretário da Fazenda, Márcio Stefanni, há possibilidade de corte de secretarias e redução de serviços a população

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 24/08/2015 às 15:20
Leitura:
Foto: Fotos: Roberto Pereira/Sei | Reprodução


O governo do Estado vai ter que economizar, ainda este ano, cerca de R$ 600 milhões. Esta foi a informação repassada pelo secretário da Fazenda, Márcio Stefanni. Ele esteve reunido com o governador Paulo Câmara, o vice Raul Henry e outros 25 secretários de governo, para discutir o cenário de crise econômica de 2015 com foco na atuação para 2016.

A reunião aconteceu a portas fechadas no Palácio do Campo das Princesas, área central do Recife. O secretário ainda informou que o estado passa por um cenário muito ruim de arrecadação econômica, que vem dos meses de julho, agosto e setembro e que isso faz que seja necessário gastar apenas o que for arrecadado. Eles também vão aguardar, até o final do ano, para verificar se vai haver necessidade de corte de secretarias. Há possibilidade também de diminuição de serviços à população.

As administrações estaduais estão buscando novos caminhos, diante da proibição do Governo Federal, dos estados e municípios conseguirem empréstimos em instituições financeiras, como o Banco Mundial. Aliado a isso, a queda na receita estadual, vem dificultando esse cenário de novos investimentos.

Mais Lidas