FORA DE CARTAZ

Teatro do Parque chega aos 100 anos sem direito a festa e muito menos convidados

Equipamento cultural foi fechado em 2010 para reforma

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 24/08/2015 às 6:51
Leitura:
Foto: Divulgação/PCR

Um dos tradicionais cartões postais do centro do Recife, Teatro do Parque chega aos 100 anos, nesta segunda-feira (24), sem direito a festa e muito menos convidados.

O equipamento cultural na Rua do Hospício fechou as portas em 2010 para reforma que só começou em janeiro deste ano. A previsão oficial é de que o público volte a frequentar o espaço somente em novembro de 2016. O projeto custa R$ 8.200 milhões mas o orçamento pode ser elevado em mais R$ 2 milhões.

Na vistoria realizada na última sexta-feira (21), a Prefeitura do Recife garantiu que 20% dos serviços foram executados. A classe artística vem cobrando de forma sistemática agilidade na obra, tida como de fundamental importância para a cultura. Um grupo de atores irá protestar contra o atraso com um velório na frente do Teatro do Parque logo mais, às 11h.

Diego Rocha, presidente da Fundação de Cultura Cidade do Recife falou sobre os desafios do projeto. "Existe uma questão da análise das escavações que estavam sendo feitas, do restauro que estava sendo feito. São 14 camadas de tinta, então a gente tinha que verificar a característica original para que ele fique com a característica de 1929, mas também adequado à legislação atual de segurança, acessibilidade e de climatização", detalhou o presidente, defendendo que o cronograma da obra está mantido.

Ouça:

Mais Lidas