INSATISFAÇÃO

Policiais civis protestam contra decisão do Estado de cancelar nomeações

Categoria também critica cancelamento do reajuste salarial para este ano. Atos serão realizados hoje

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 26/08/2015 às 6:35
Leitura:
Policiais civis em ato na praça do Derby

Os policiais civis de Pernambuco decidiram protestar mais uma vez contra a postura do Governo do Estado. Dessa vez, o ato será contra decisão do Estado de cancelar nomeações e reajuste salarial para este ano.

A Secretaria de Administração confirmou os seguintes concursos públicos para os próximos meses: três mil vagas para professor, 100 vagas para delegado, 500 para agentes da Polícia Civil. 316 oportunidades para a Polícia Científica, 50 escrivães e 1.500 soldados da PM.

Clarissa Siqueira acompanhou a panfletagem dos policiais civis na praça do Derby:

No entanto, as nomeações vão depender de uma série de fatores, entre os quais a melhoria no caixa do estado. Os policiais civis irão realizar hoje (26) uma série de protestos simultâneos a partir das 9h.

Em caruaru, o ato é nesta manhã no marco zero, e está sendo esperada a adesão de policiais civis de todos os municipios da região. Em Petrolina, a mobilização será na frente da prefeitura, e no Recife na praça do Derby.

Áureo Cisneiros, presidente do Sinpol afirma que o Estado tem que dar condições aos profissionais:

As entidades militares também se mostram preocupadas com o anúncio de que não tem reajuste salarial. José Roberto Vieira, presidente da Associação dos Praças (Aspra), critica o atual modelo de trabalho imposto aos colegas de farda:

Mais Lidas