ESPERA

Antigos Funcionários da Empresa São Mateus protestam em frente ao Fórum Joana Bezerra

Falida em 2011, grupo ale que até agora não teve os direitos trabalhistas cumpridos

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 28/08/2015 às 8:22
Leitura:
Foto Ilustrativa


Antigos funcionários da empresa São Mateus, falida em 2011, realizam um protesto nesta manhã (28) em frente ao Fórum Joana Bezerra, na área central do Recife. Vestidos de preto e com carro de som, o grupo alega que até agora não teve os direitos trabalhistas cumpridos e não recebeu nenhuma indenização. .
Na época da falência, a empresa tinha cerca de 1200 funcionários. Jairo José Pereira organizou o movimento reafirmou que ainda não recebeu os direitos. “O que a gente quer é que haja um grupo competente que gere emprego e que o governo lance mão dali [terreno da empresa] também que não é uma briga só nossa, é uma briga geral da sociedade”, explicou acompanhando.

Confira os detalhes no flash de Clarissa Siqueira:

Paulo de Souza Azevedo, advogado de alguns dos trabalhadores, 90% dos processos trabalhistas já foram finalizados.

A empresa pernambucana operava em todo o Norte e Nordeste, mas entrou em crise. A crise na São Mateus começou a dar sinais quando a empresa passou a atrasar salários. Em julho de 2011, as incertezas tomaram corpo quando a diretoria do frigorífico demitiu 356 empregados, além de suspender a produção da indústria e deu férias coletivas aos trabalhadores.

Segundo um funcionário na época, todos os 11 vendedores da São Mateus no Recife levaram o calote da empresa, fora os profissionais de venda do Ceará, Rio Grande do Norte e Paraíba.

Mais Lidas