CRIME

Cabo da Polícia Militar morre após ser baleado na cabeça por outro policial

Crime aconteceu na manhã deste domingo dentro da viatura da PM, no bairro de Apipucos

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 30/08/2015 às 14:09
Leitura:
Legenda

O cabo da Polícia Militar Adriano Batista da Silva, de 41 anos, faleceu no final da manhã deste domingo (30), após ser baleado na cabeça por outro policial. O crime aconteceu no bairro de Apipucos, no início da manhã, dentro da própria viatura da PM.

O repórter Rafael Carneiro foi ao local e relatou as informações:

De acordo com a polícia, três policiais estavam dentro da viatura no momento do ocorrido. A vítima era quem comandava a viatura. O cabo e o outro policial teriam discutido, foi quando o atirador sacou a arma e atirou na cabeça do comandante. A terceira pessoa dentro do carro é uma policial militar que está em estado de choque, segundo a assessoria da Polícia Militar.

A motivação ficará a cargo da instrução criminal, informou a assessoria da PMPE. O autor do disparo, que tem 7 anos na Corporação, ao final da instrução criminal, poderá ser submetido a um processo de Licenciamento ex-officio e ser expulso dos quadros da Corporação.

O cabo Adriano Batista chegou a ser encaminhado ao Hospital da Restauração, mas não resistiu aos ferimentos. O suspeito de ter cometido o crime foi autuado em flagrante na sede da Corregedoria da Secretaria de Defesa Social do Estado.

A Polícia Militar emitiu uma nota de pesar pela morte do cabo Adriano Silva, que tinha 10 anos de corporação, quase todos servidos no 24º BPM, em Santa Cruz do Capibaribe e, atualmente, era lotado no 11º BPM, em Casa Forte. Ele era casado e tinha um filho.

Mais Lidas