Corpo de policial civil morta em tentativa de assalto é sepultado no Cemitério de Casa Amarela

Crime aconteceu nesse sábado (30), em Abreu e Lima

VIOLÊNCIA

Da Rádio Jornal

Foto: Bobby Fabisak/ JC Imagem 

Vai ser enterrado às 16h, no Cemitério de Casa Amarela, na Zona Norte do Recife, o corpo da policial civil Tatiana Ribeiro de Melo, de 35 anos. Ela estava trabalhando há um mês na delegacia de Porto de Galinhas, no Litoral Sul do Estado e neste último sábado (29) estava indo visitar uns familiares em Abreu e Lima, na RMR quando foi abordada por dois homens em uma moto, na PE-18 e trocou tiros com os criminosos

A delegada de Porto de Galinhas, Ângela Patrícia, conversou com o repórter Rafael Carneiro e lamentou o ocorrido: 

[uolmais_audio 15591925] 

No carro com Tatiana estavam o filho de 6 anos e o pai e a mãe. Os suspeitos se aproximaram em uma moto e atingiram a civil que, antes de ser levada para o Hospital Miguel Arraes, baleou Álvaro Henrique Cabral, de 23 anos. O jovem ferido, passou por cirurgia e está sob custódia no Miguel Arraes. 

Em diligências, a Polícia Civil capturou, ainda no sábado, o segundo envolvido. Thiago José Otaviano da Silva, de 25 anos, foi encontrado em Paulista. Além dele, os policiais prenderam a mãe e a namorada de Thiago. Elas estavam guardando a pistola ponto 40 da agente policial e o revólver 38 utilizado no crime. 

O filho da vítima está muito assustado e fica chamando pela mãe que morreu. Já os pais estão em estado de choque. Com a morte de Tatiana, a Secretaria de Defesa Social contabiliza 17 mortes de policiais só em 2015. 

 

TAGS

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

CONTINUE LENDO