DEMISSÕES

Deputados estaduais ficam com o menor pedaço do corte do “bolo” de demissões na Alepe

A decisão foi tomada nesta segunda (31) com o anúncio do corte de 245 postos de trabalho

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 01/09/2015 às 7:49
Leitura:
Deputado Diogo Moraes, primeiro secretário da Alepe
Foto: JC Imagem

Os deputados estaduais ficaram com o menor pedaço do corte do “bolo” de demissões na Assembleia Legislativa. Cada um dos 49 representantes do povo na Alepe emprega até 26 cargos comissionados. Agora, os parlamentares terão a missão de reduzir o quadro funcional em apenas duas vagas.

A decisão foi tomada nesta segunda-feira (31) com o anúncio do corte de 245 postos de trabalho. Além dos 100 comissionados dos gabinetes, vão engrossar as fileiras do desemprego 145 do setor administrativo da casa.

O primeiro secretário da Alepe, Diogo Moraes, do PSB, afirma que a casa vai acompanhar o momento financeiro global. "Tudo que a gente faz a conta, a gente tem que olhar a arrecadação do Estado.Se a arrecadação diminuir a cada mês, como está diminuindo, a gente tem que arrochar cada vez mais", comentou. Confira:

O contrato da empresa terceirizada responsável pela TV Assembleia no valor de cerca de R$ 2 milhões não será renovado. Com todas as medidas, o poder legislativo pretende economizar R$ 10,6 milhões por ano.

Mais Lidas