INTERDIÇÃO

Hospital Ulysses Pernambucano deve sofrer interdição ética por parte do Cremepe a partir dessa terça

Em uma vistoria realizada pelo Sindicato dos Médicos de Pernambuco, há 18 dias foram encontrados vários problemas

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 01/09/2015 às 14:24
Leitura:
Foto: Alexandre Severo/Arquivo JC Imagem


Na noite dessa terça-feira (1º) o Conselho Regional de Medicina de Pernambuco (Cremepe) vai decidir, em plenária, o futuro do Hospital Ulysses Pernambucano, localizado na Tamarineira, Zona Norte do Recife.

A unidade de saúde deve sofrer um processo de interdição ética. Nele, o governo do Estado tem um prazo para adotar melhorias no Hospital, caso contrário os médicos prometem paralisar a unidade, como explica o presidente do Cremepe, Silvio Rodrigues:



Em uma vistoria realizada pelo Sindicato dos Médicos de Pernambuco, há 18 dias foram encontrados vários problemas como defasagem de profissionais, falta de insumos, superlotação e sujeira. Chamaram atenção as salas alagadas, apresentando mofo, fiação exposta, vigas de madeira estragadas e na área externa, mato alto por todo o pátio.

O Hospital Ulysses Pernambucano, também conhecido como Hospital da Tamarineira, tem mais de 100 anos e desde 1992 foi tombado pelo patrimônio histórico do Estado.

Mais Lidas