SAÚDE

Começa em todo o Estado a segunda etapa da vacinação contra o HPV

O câncer do colo de útero é a maior causa de morte das mulheres brasileiras. Além dessa doença, o HPV pode provocar também câncer de vagina, vulva e ânus

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 02/09/2015 às 13:24
Leitura:
Foto: Fotos Públicas


As meninas, de nove a 13 anos, que receberam a primeira dose da vacina contra o Papiloma Vírus Humano (HPV) devem procurar as unidades de saúde pública do Estado para a segunda fase de vacinação. O tratamento contra o vírus, que pode causar o câncer do colo de útero, é composto de três etapas.
No mês de março, a primeira dose alcançou 42,4% do público alvo em Pernambuco. A criança ou adolescente que não tomou a primeira, também pode ir aos postos.

De acordo com a Secretaria de Saúde do Estado, a vacina está disponível ao longo de todo o ano, mas durante o mês de setembro a campanha é intensificada. No Recife, a dose é aplicada gratuitamente em todas as unidades de saúde da família, upinhas e policlínicas.

A coordenadora da saúde da mulher do Recife, a médica ginecologista Isabela Coutinho, detalha a importância das meninas tomarem todas as três injeções do tratamento:



Na próxima terça-feira (8) a vacinação contra o HPV chega também às escolas públicas. O câncer do colo de útero é a maior causa de morte das mulheres brasileiras. Além dessa doença, o HPV pode provocar também câncer de vagina, vulva e ânus. Na maioria das vezes, o Papiloma Vírus Humano é transmitido pelo sexo, por isso o ideal é que a vacina seja aplicada antes do início da vida sexual.

Mais Lidas