ENTREVISTA

Rodoviários continuam aguardando julgamento do dissídio no Tribunal Superior do Trabalho

No momento, categoria está recebendo salários reajustados em 9%

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 02/09/2015 às 10:34
Leitura:

Foto: Edmar Melo/ JC Imagem

O presidente do Sindicato dos Rodoviários do Estado, Benilson Custódio, conversou com Geraldo Freire sobre o pagamento dos salários da categoria, já que os trabalhadores aguardam o julgamento no Tribunal Superior do Trabalho (TST), que reduziu e unificou os percentuais de aumento salarial e do tíquete alimentação dos trabalhadores a 9%, em liminar.

Os motoristas, cobradores e fiscais de ônibus da Região Metropolitana do Recife haviam conquistado, no Tribunal Regional do Trabalho da 6ª Região (TRT-PE), reajuste de 12% no salário e 59,57% no tíquete. Em Brasília

“Os rodoviários como já receberam o pagamento com esse valor que foi decidido de 9% na liminar e retroativo a 1º de julho, caso o julgamento não aconteça até o próximo pagamento, vai ser pago com o mesmo valor”, explicou Benilson, destacando que o valor reajustado só será pago quando houver o julgamento no TST.

Confira a entrevista na primeira parte do Passando a Limpo:

Mais Lidas