CRIME

Policial Militar morto depois de trocar tiros com bandidos é enterrado em Carpina

Elias Félix da Silva foi o terceiro policial assassinado em oito dias em Pernambuco

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 06/09/2015 às 16:18
Leitura:
Foto: Divulgação


O corpo do policial militar, Elias Félix da Silva, 31 anos, foi enterrado com honras militares no cemitério de São Sebastião, em Carpina, na Zona da Mata Norte pernambucana. O soldado foi baleado depois de trocar tiros com dois bandidos em uma tentativa de assalto, na PE-41, via que dá acesso ao município de Araçoiaba, na noite do sábado (5). Ele recebeu os primeiros socorros na unidade mista de Carpina e foi transferido para o Hospital da Restauração, no Recife, mas não resistiu aos ferimentos. O irmão da vítima, Alexsandro Borges, relata como tudo aconteceu:



Na troca de tiros, um dos suspeitos, de identidade não revelada, morreu. O outro assaltante, que tinha conseguido fugir do local do crime, foi preso na manhã do domingo, na Zona Rural de Paudalho. Com Gleibson Florentino Pessoa, 23 anos, foram apreendidas munições e dois revólveres calibre 38, um deles utilizado para matar o PM. O suspeito foi autuado na Delegacia de Nazaré da Mata.

O policial militar Elias Félix da Silva Filho tinha seis anos de corporação e estava lotado atualmente no Grupo de Apoio Tático Itinerante (GATI), do 2º Batalhão, em Nazaré da Mata.

Em nota, a Polícia Militar lamentou a morte do soldado. Este é o terceiro policial assassinado em oito dias em Pernambuco.

Mais Lidas