CHIKUNGUNYA

Secretaria Estadual de Saúde fala sobre os dois casos de chikungunya confirmados em Iati

Coordenadora do Programa de Controle da Dengue, Claudenice Pontes, participou do Balanço das Notícias

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 08/09/2015 às 17:46
Leitura:
Foto: Reprodução


No Balanço das Notícias da Rádio Jornal desta terça-feira (8), o comunicador Ednaldo Santos conversou com a coordenadora do Programa de Controle da Dengue da Secretaria Estadual de saúde, Claudenice Pontes.

Na semana passada, foi noticiada a chegada do vírus da febre chikungunya, e a secretaria confirmou dois casos da doença, em moradores do município de Iati, no Agreste de Pernambuco.

De acordo com a coordenadora, foram observados os dois casos de Iati, e que essas pessoas não tinham deslocamento para área endêmica, ou seja, o vírus foi contraído na própria localidade e, provavelmente, uma pessoa oriunda de área endêmica. Segundo ela, há vários estados com transmissão ativa de chikungunya, como Amapá, Mato Grosso do Sul e Bahia e, devido a proximidade, e provavelmente houve a introdução. “Todas as ações foram feitas para bloquear e tentar manter esse vírus, para que não se expanda”, disse.

Claudenice disse ainda que todas as áreas estão sendo monitoradas e sendo realizados exames para ver se houve ou não a continuidade da transmissão. “No ano de 2015, seis casos de chikungunya tiveram diagnóstico laboratorial positivo”, comentou. Ela falou ainda que há um caso em Recife ainda em investigação. A coordenadora do programa lembra da importância do combate ao mosquito, e fala sobre os altos índices de infestação em alguns municípios estão bastante elevados, sendo um risco para aumento de casos.

Confira a entrevista na íntegra:

Mais Lidas