previdência

Greve do INSS completa dois meses e atinge todos os postos de atendimento em Pernambuco

Quem não conseguir ser atendido, terá que remarcar a consulta pelo telefone 135. Categoria pede 27,3% de reajuste

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 09/09/2015 às 9:08
Leitura:
Foto: Clarissa Siqueira/Rádio Jornal


A greve dos servidores do INSS completa dois meses nesta quarta-feira (9). Quem precisa fazer perícia nas agências da Previdência Social, não está encontrando dificuldades, mas quem precisa agilizar documentação, está sofrendo. Saiba mais na reportagem de Clarissa Siqueira:

A categoria reinvindica reajuste salarial de 27,3%, implantação de planos de cargos e carreira, melhoria das condições de trabalha e realização de concurso público. Em Pernambuco, a paralisação atinge todos os 65 postos do Instituto, dificultando o atendimento, ainda mais depois da adesão dos médicos peritos na última semana.

A beneficiária Maria Helena de Souza saiu de Jaboatão dos Guararapes para ser atendida na Agência da Avenida Mário Melo, na área central do Recife. Ela afirma que tinha um agendamento para hoje, mas não foi atendida por causa da greve.

Como apenas os serviços emergênciais como perícia médica e desbloqueio de benefícios estão sendo mantidos, quem precisa entrar com algum recurso, está se sentindo prejudicado. Os demais serviços devem ser reagendados pelo telefone 135 enquanto durar a greve.

Mais Lidas