TERROR NOS AFLITOS

Três suspeitos são identificados pela SDS na confusão nos Aflitos

Secretaria de Defesa Social apresentou os detalhes na tarde desta quarta-feira

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 09/09/2015 às 18:00
Leitura:
Três pessoas foram identificadas

A Secretaria de Defesa Social realizou uma coletiva de imprensa nesta quarta-feira (9) para apresentar os detalhes sobre a violência registrada nessa terça-feira (8), no Estádio dos Aflitos. Três pessoas foram identificadas e as imagens foram divulgadas para que a população auxilie nas buscas. O anonimato é garantido e quem tiver informações que possam levar a polícia aos suspeitos pode entrar em contato no Disque Denúncia, através do telefone 34219595; pelo telefone da ouvidoria 08000815001; ou pelo WhatsApp do Torcedor, no número 81 98606.9880.

O secretário executivo de Defesa Social, Rodrigo Bastos, destacou que a pasta trabalha, inicialmente, na prevenção e lembrou do grupo de trabalho do Governo do Estado que atua na mobilidade e também na segurança nos dias de jogos. “Em relação ao jogo de ontem, é importante salientar também que o esquema de segurança montado para o jogo em si funcionou muito bem, no estádio e nas cercanias do estádio”, defendeu.
Confira os detalhes na reportagem de Lélia Perlim:

Rodrigo Bastos falou sobre a confusão e lembrou que os atos de vandalismo foram registrados longe do Estádio do Arruda, onde estavam em campo Santa Cruz e Paysandu. “A confusão que aconteceu foi distante do jogo, na sede do Náutico, foi uma confusão, ao que tudo indica, premeditada. Foram alguns torcedores que saíram mais cedo, inclusive, do estádio e que ficaram aguardando do Paysandu chegar”, comentou o secretário.

Um inquérito foi instaurado para identificar as pessoas envolvidas na Delegacia de Repressão à Intolerância Esportiva. Os envolvidos vão responder por rixa, dano ao patrimônio, por conta dos estabelecimentos que foram atingidos, bem como a sede do Náutico, na Av. Rosa e Silva, na Zona Norte do Recife.

Mais Lidas