SOLUÇÃO

CBTU terá oito dias para apresentar plano de empregos e salários

Ministério Público de Pernambuco realizou uma audiência pública nesta quinta-feira entre a CBTU e os aprovados no concurso para segurança realizado em 2014

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 10/09/2015 às 17:48
Leitura:
Modal vive onda de violência. Só este ano, foram registrados
mais de 100 assaltos e roubos
Foto: Sindimetro-PE

O Ministério Público de Pernambuco realizou uma audiência entre a CBTU e uma comissão dos aprovados no último concurso realizado em 2014 na tarde desta quinta-feira (10). Os 155 aprovados foram representados por um grupo com 12 pessoas. Eles se inscreveram para a área de segurança e cobram que a CBTU contrate os aprovados.

A promotora Áurea Rosane Vieira, da 43ª Vara do Patrimônio Público, mediou o audiência. De acordo com Ana Carolina Brito, uma das aprovadas, o resultado foi positivo. "Nela ficou bem claro que existem realmente terceirizados ocupando as nossas vagas", afirmou. "No momento, a CBTU vai receber mais um prazo para entrega de documentos e só após a entrega dessa documentação é que a promota vai se pronunciar sobre quais os próximos passos que serão dados", concluiu.

Confira no flash de Lélia Perlim:

Ana Carolina destacou a situação do metrô e falou sobre os casos de violência registrados nos últimos dias. Ela pediu que a sociedade se junte aos aprovados para cobrar do poder público soluções para a situação. Na próxima semana, eles vão realizar uma panfletagem nas principais estações de metrô.

Esse prazo dado para a CBTU é de 8 dias corridos e eles devem apresentar um plano de empregos e salários. No documento, eles vão precisar deixar claro quantas vagas de segurança existem, quantas estão ocupadas, quantas estão ociosas e ocupadas por pessoas do setor terceirizado.

Mais Lidas