CAMPANHA

Profissionais da Saúde da Família recebem capacitação para ajudar no diagnóstico precoce do câncer infanto-juvenil.

“Fique atento: pode ser câncer!" alerta para a importância do diagnóstico precoce

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 10/09/2015 às 16:31
Leitura:

O Grupo de Ajuda à Criança com Câncer Pernambuco (GAC-PE) lançou nesta quinta-feira (10) um projeto de capacitação para profissionais de estratégia de saúde da família. O projeto vai capacitar profissionais de saúde em parceria com a Prefeitura do Recife, a UFPE e a UPE.

A campanha “Fique atento: pode ser câncer! ”, tem como objetivo auxiliar os profissionais a identificarem de forma mais precoce os sintomas do câncer infanto-juvenil, ajudando assim no combate à doença.

As aulas acontecem através da ferramenta telessaúde, que promove capacitações através da internet, redes de voz e vídeo e teleconferências. A presidente do GAC, a médica oncologista Vera Morais, explicou que o diagnóstico precoce da doença é importante para o êxito do tratamento. “Isso [a capacitação] vai haver um impacto, pelo menos é o que a gente acredita, utilizando essa feramenta”, disse.

Confira os detalhes na reportagem de Stephanie Männicke:

O projeto integra a programação do “Setembro Dourado”, voltado para a conscientização sobre a importância do diagnóstico rápido do câncer infanto-juvenil.

Mais Lidas