IRREGULARIDADES

Bancada de oposição da Alepe inicia vistorias em IMLs, laboratórios e delegacias do Estado

Na passagem pelo local, a reportagem constatou que velhos problemas atingem o funcionamento

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 11/09/2015 às 13:59
Leitura:
Foto: Rafael Carneiro


A visita de deputados e representantes do Sindicato dos Policiais Civis (Sinpol) começou nesta sexta-feira (11), pelo Instituto de Medicina Legal do Recife, que apresentou problemas na estrutura e falta de materiais no mês de julho.

Na passagem pelo local, a reportagem constatou que velhos problemas atingem o funcionamento: uma das câmaras frigoríficas está sem funcionar desde janeiro e a máquina de exame toxicológico, no valor de R$ 1 milhão, parou de ser usada em abril, quando o ar-condicionado queimou. Resultado: os corpos estão ficando amontoados e exames para descobrir substâncias tóxicas nos corpos sofreram diminuição.

O presidente do Sinpol, Áurio Cysneiros, pede que o governo volte a investir na segurança:



O gestor do Instituto de Medicina Legal, Antônio Barreto de Miranda, acompanhou a visita e disse que recebe por um valor de R$ 1.300 para ser usado na manutenção do prédio, quantia insuficiente para trocar um ar-condicionado, por exemplo.

O segundo ponto da visita foi o laboratório de DNA, que deveria ter sido entregue em outubro de 2013. O espaço, hoje, é um depósito de entulhos. As visitas vão seguir até o mês de novembro, inclusive em delegacias do interior, onde viaturas deixam de rodar por falta de combustível.

Ao final, um documento vai ser elaborado para ser entregue ao governo do Estado, que vai ser convidado a participar de audiências públicas na Assembleia Legislativa de Pernambuco.

Mais Lidas