Tragédia

Corpo de instrutor de mergulho que desapareceu no Recife é encontrado pelos bombeiros

Edísio Oliveira Rocha estava desaparecido desde a tarde do domingo (14). Ele provavelmente ficou preso embaixo d

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 14/09/2015 às 7:11
Leitura:
Foto: reprodução/facebook pessoal de Edísio Rocha


O corpo de Edísio Oliveira Rocha foi encontrado por volta das 9h30 desta segunda-feira (14). A notícia foi confirmada ao vivo durante o Passando a Limpo da Rádio Jornal pelo major do Corpo de Bombeiros Edson Marcone. Ouça a entrevista completa:

As buscas por Edísio Rocha começaram por volta das 14h desse domingo (13), após o mergulhador desaparecer na saída do canal sul do Porto do Recife, onde havia mergulhado a uma profundidade de cerca de 25 metros. O local fica há a cerca de 10 quilômetros da costa do Recife, onde há um rebocador afundado desde 2002. Edísio era instrutor e sócio da empresa de mergulho amador Aquáticos.

De acordo com o major do Corpo de Bombeiros Edson Marcone, Edísio provavelmente ficou preso embaixo d'água durante o mergulho. A Capitania dos Portos e um helicóptero do Corpo de Bombeiros foram utilizados nas buscas, que começaram no domingo e terminaram nesta segunda-feira com a ajuda da guarda costeira da Marinha.

Em nota, a Capitania dos Portos informou que Edísio Rocha realizava atividade recreativa de mergulho amador com outros cinco instrutores de mergulho, três tripulantes e 20 passageiros no momento do desaparecimento. O corpo dele foi encontrado submerso, a 23 metros de profundidade e a 50 metros ao norte do local do mergulho, o que representa uma distância de 10 quilômetros do Marco Zero do Recife.

Ainda em nota, a Capitania dos Portos informou que vai abrir um inquérito administrativo para apurar as causas do ocorrido.

Mais Lidas