Dois ônibus são incendiados em menos de 24 horas em protesto contra prisões

O ato aconteceu após a prisão de um casal suspeito de tráfico de drogas na comunidade de Santa Marta, Zona Oeste do Recife.

DENTRAN

Da Rádio Jornal

Foto: Isabela Dias/ Rádio Jornal


Pelo segundo dia seguido, moradores da comunidade Santa Marta, na Estrada do Barbalho, no bairro da Iputinga, atearam fogo em ônibus. Além do coletivo queimado nessa segunda-feira (14), um outro ônibus foi incendiado no fim da manhã desta terça (15). 

As chamas foram controladas por três equipes do corpo de bombeiros e não houve vítimas. O veículo ficou totalmente destruído. O clima era de muita revolta por conta da prisão de dois jovens da comunidade, suspeitos de tráfico de drogas.
Confira as informações na reportagem de Isabela Dias: 

[uolmais_audio 15610856]

Romário Lucas da Silva, de 21 anos, e a esposa, uma adolescente de 17 anos que está grávida, foram encontrados com 48 pedras de crack, de acordo com a polícia. 

Já os moradores da comunidade alegam que os dois estavam com R$ 600 da venda de uma moto. Um vizinho deles que preferiu o anonimato diz que os jovens foram detidos injustamente e denunciaram a violência durante a abordagem policial.

O incêndio atingiu a fiação elétrica no local e afetou o fornecimento de energia. De acordo com a Celpe, a previsão é que o serviço seja normalizado nesta tarde.

Confira os detalhes no flash de Isabela Dias:

Ainda de acordo com informações de populares, quatro homens em motos bloquearam a passagem do ônibus, pediram para motorista e cobrador descerem, assim como o passageiro, e atearam fogo no veículo. 

TAGS

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

CONTINUE LENDO