MOBILIZAÇÃO

Após justiça bloquear bens de empresas, terceirizados do Hemope protestam contra atrasos de salários

Funcionários que fazem a limpeza e a organização do hemocentro estão sem receber tíquete-alimentação há dois meses

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 16/09/2015 às 8:01
Leitura:
Imagem: Arquivo/NE10


Funcionários terceirizados do estado protestam nesta quarta-feira em frente ao Hemope, que fica na Rua Joaquim Nabuco. Eles reclamam de salários e benefícios atrasados. Por enquanto, não há bloqueio nas ruas.

De acordo com a categoria, os funcionários da empresa Aforge já estão há dois meses sem receber o tíquete-alimentação e com os salários em atraso. A previsão é que o pagamento seja realizado apenas na quinta-feira da semana que vem. Até lá, a categoria pretende suspender as atividades.

O processo é semelhante ao que está acontecendo em outras empresas terceirizadas do Governo do Estado. Ontem, parte dos bens da empresa Líber foram bloqueados para pagamentos de salários atrasados.Saiba mais na reportagem de Gabriel Almeida:

O integrante do Sindicato de Asseio e Conservação do Estado de Pernambuco, Charles Alberto, explica que os serviços de limpeza e organização vão ser suspensos com a paralisação. A expectativa do sindicato é de conversar, ainda hoje, com o gestor responsável pelo pagamento dos salários. A volta às atividades vai depender desta reunião.

Mais Lidas