CRIME

Rapaz de 18 anos é denunciado por estupro de vulnerável no DPCA de Paulista

Jovem estava se relacionando há mais de três meses com a vizinha de 12 anos. Mãe da garota prestou a queixa

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 18/09/2015 às 17:42
Leitura:
Foto: Google Street View

O Departamento de Polícia da Criança e do Adolescente de Paulista (DPCA), na Região Metropolitana do Recife, registrou, na tarde desta sexta-feira (18), um caso de estupro de vulnerável, envolvendo uma adolescente de 12 anos e o vizinho dela, um rapaz de 18 anos de idade.

Os dois estavam se relacionando há mais de três meses no Alto da Bondade, em Águas Compridas, em Olinda, onde moram, mas sem o consentimento da mãe da garota que procurou o Conselho Tutelar.

A repórter Lélia Perlim traz as informações:

Com a identidade mantida em sigilo, a mulher relatou que conversou com o rapaz o orientando a se afastar da filha dela. “Eu disse: ‘se afaste da milha filha, por que ela só tem 12 anos e você é de maior’. Ele fez: ‘porque você não deixa eu namorar com ela?’, aí eu disse: ‘por que ela só tem 12 anos e não tem necessidade dela estar namorando agora’”, detalhou a mulher dizendo ainda questionando o que ela queria com a filha dela, tendo em vista a idade da garota.

Segundo a mãe da adolescente, o alerta não adiantou e o rapaz teve relações sexuais com a filha dela, que estaria tomando anticoncepcionais sem prescrição médica dados pelo rapaz. Além disso, a garota contraiu uma infecção urinária.

Devido à ausência de flagrante, um boletim de ocorrência foi lavrado na DPCA, que deve seguir com o inquérito.

Mais Lidas