Eliane Cantanhêde critica comportamento do ministro Gilmar Mendes na coluna Bastidores do Poder

Durante o bate-papo, ainda foram destaque a 19ª fase da Operação Lava Jato, e o político Hélio Bicudo

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 21/09/2015 às 11:20
Leitura:
Foto: Carlos Humberto/ SCO/STF

A jornalista Eliane Cantanhêde conversou nesta segunda-feira, na Super Manhã da Rádio Jornal, com o comunicador Geraldo Freire, em seu quadro semanal "Bastidores do Poder". A jornalista destacou a 19ª fase da Operação Lava Jato, que foi deflagrada na manhã desta segunda-feira pela Polícia Federal em 3 estados.

A operação, de nome Nessun Dorma, prendeu preventivamente o executivo José Antunes Sobrinho, um dos donos da Engevix, que é suspeito de ter pago R$ 140 milhões em propina para a Aratec. Eliane frisou que o alvo desta nova fase são os envolvidos na área internacional, que a polícia está vasculhando todo dinheiro que saiu do Brasil e foi "passear pelo mundo". "Quem tem culpa no cartório, pode colocar as barbas de molho por que a polícia vai atras", afirmou a comunicadora.

Durante o bate-papo, ainda foram destaque o temperamento do ministro Gilmar Mendes, um magistrado e funcionário público, que segundo a jornalista, não pode sair falando o que pensa como tem feito. Falaram também do jurista Hélio Bicudo, de 93 anos, e do fato dele estar sendo tratado como um lunático, e das contas do Governo Dilma. Ouça a coluna completa:

Mais Lidas