INVESTIMENTOS

Governo de Pernambuco anuncia investimentos para o desenvolvimento sustentável

O acompanhamento de importantes reservatórios para abastecimento de água também ganha atenção nos projetos

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 21/09/2015 às 15:15
Leitura:
Foto: Reprodução internet


O Palácio do Campo das Princesas anunciou investimentos na área do desenvolvimento sustentável: no uso das águas, preservação dos rios e ocupação de solos no estado. A assinatura dos projetos contou com a presença de prefeitos, deputados estaduais e secretários de governo.

No primeiro projeto assinado por Paulo Câmara, o “Janelas para o Rio”, cinco municípios vão receber parques urbanos ambientais, em que os olhares para o Capibaribe e Ipojuca serão ampliados. O trabalho tem prazo de execução de 20 meses e financiamento do banco interamericano de desenvolvimento, BID, e do Fundo Estadual de Recursos Hídricos.

O governador Paulo Câmara explica que o funcionamento seja integrado com os municípios. “Esses parques vão fazer uma integração entre o meio ambiente e os municípios por onde passam esses rios”, disse. Cidades como Caruaru, Bezerros, São Caetano, Taquaritinga do Norte e Vitória de Santo Antão recebem os parques.

E o acompanhamento de reservatórios importantes para o abastecimento de água, ganha atenção com a ordem de serviço também assinada no evento. A qualidade da água e os níveis de barragens como Pirapama, Jucazinho, Carpina, Tapacurá, Poço Fundo e Várzea do Una vão ser identificados com mais eficiência. O secretário de desenvolvimento econômico do estado, Thiago Norões, diz que agora vão ser identificados os agentes poluentes desses reservatórios. Em 12 meses, esse levantamento deve ser totalmente concluído.

E por último, o anuncio de um serviço disponível para o próximo inverno. A Âgencia Pernambucana de Águas e Climas, Apac, vai contar com um equipamento meteorológico, que permitirá monitoramento e alertas com mais precisão no caso de grandes volumes de chuvas. O local para instalação da rede de monitoramento é Chã Grande no Agreste do estado, pela localização privilegiada. O alcance do equipamento chega a um raio de 300 km.

Marcelo Asfora presidente da Apac garante mais previsibilidade para os fenômenos naturais. De acordo com o presidente, a previsão vai ser mais precisa, além de informações como montante da chuva e num curto prazo, com duas horas de antecedência.

Os anúncios juntos têm investimento de mais de 17 milhões de reais.

Confira a reportagem de Rafael Carneiro para Rádio Jornal:

Mais Lidas