COMPORTAMENTO

O que fazer quando a criança deixa de ser gordinha e fofinha para se tornar obesa?

Mais de um terço das crianças brasileiras estão acima do peso. A obesidade pode levar à diabetes, hipertensão, além de causar danos psicológicos

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 21/09/2015 às 8:29
Leitura:
Imagem: reprodução/internet


Você sabia que pelo menos 30% das crianças brasileiras estão acima do peso? Segundo pesquisa realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em 2009, 35% dos meninos e 32% das meninas entre 5 e 9 anos estavam acima do peso. Em 1975, as taxas para garotos e garotas eram 11% e 9%, respectivamente. Por que esses números cresceram tanto?

Para saber qual o momento em que a criança deixa de ser fofinha para se tornar obesa e o que pode ser feito para prevenir doenças como diabetes e hipertensão, a apresentadora Clarissa Siqueira conversou com o pediatra Gustavo Dantas e com a educadora física Marcelle Carvalho. Além das doenças, a obesidade pode desencadear dificuldades de deslocamento e postura. Ouça o programa na íntegra:

O sobrepeso e a obesidade também refletem na influenciam na autoestima dos pequenos e pode levar ao aparecimento de um quadro depressvo. O caso é ainda mais grave quando o bullying é promovido pelos próprios familiares. Nas telinhas, o problema foi tratado, por exemplo, na relação de Carminha (Adriana Esteves) de Avenida Brasil com a filha dela Ágata (Ana Karolina Lannes). Esse é o tema da coluna "Meus amores da televisão", com Rafael Souza.

Na coluna "Muito prazer", Silvana Melo ajuda Lívia, moradora de Casa Amarela. A jovem diz que não está conseguindo se concentrar na hora do sexo e pergunta: o que fazer?

Mais Lidas