CONSULTÓRIO

A mortalidade infantil no Consultório

Segundo a Organização Mundial de Saúde, taxa caiu 73% nos últimos 25 anos no Brasil

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 22/09/2015 às 20:52
Leitura:

No Consultório desta terça-feira (22), foi discutida a mortalidade infantil no Brasil. A âncora Graça Araújo recebeu a pediatra neonatologista Ana Aldin e a nutricionista Ana Patrícia Lima.

Ana Aldin é professora da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), além de coordenar a Unidade Neonatal do Hospital Português e o curso de Suporte Avançado de Vida em Pediatria, da Sociedade de Pediatria de Pernambuco. No curso, são realizadas simulações de atendimento e socorro a crianças com doença grave. Já Ana Patrícia é especialista em Nutrição Clínica e trabalha na Secretaria Estadual de Saúde.

Segundo relatório da Organização Mundial de Saúde (OMS) deste ano, a taxa de mortalidade infantil no país diminuiu 73% desde 1990. A queda foi de 61 mortes para cada 1000 crianças nascidas vivas para 16 óbitos. Em Pernambuco, esse número sobe para 35. No Rio Grande do Sul, são 12 mortes. Para Ana Patrícia, esses dados refletem a desigualdade entre as regiões brasileiras. “As intervenções no Brasil têm que ser igualitárias”, defendeu.

Ouça o programa na íntegra:

Mais Lidas