TRAGÉDIA

Duas das seis pessoas mortas em colisão na PE-320 ainda não foram identificadas

Os corpos das vítimas estão no IML do Recife para realização dos exames de DNA

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 22/09/2015 às 6:18
Leitura:
Foto: reprodução/Blog do Cauê Rodrigues


Os corpos das vítimas de uma colisão entre dois veículos na PE-320 ainda estão no Instituto de Medicina Legal (IML) do Recife. Eles passarão por exames de DNA para confirmação das identidades. Por causa das explosões, duas das seis vítimas ainda não puderam ser reconhecidas.

Entre as vítimas estão, o comerciante Dionísio Pereira da Silva, 23 anos, que dirigia o Fiat Uno; Maysa Siqueira, 21 anos, e Jonathan De Souza, 19 anos. O trio voltava de uma festa em Afogados da Ingazeira. Já na caminhonete estavam o condutor, o motorista Profissional José Luiz de Vasconcelos Junior, de 30 anos, uma mulher e uma criança ainda não identificadas.

O acidente aconteceu na rodovia PE-320, entre as cidades de Carnaíba e Flores, no Sertão do Estado. De acordo com a Polícia Militar e com os Bombeiros que atenderam a ocorrência, o Fiat Uno perdeu o controle, invadiu a pista contrária e bateu de frente numa caminhonete S-10. Os ocupantes dos dois veículos morreram carbonizados no local da colisão nas imediações do sítio parafina.

Mais Lidas