MAIS UM

Partido de Marina Silva é aprovado dois anos depois da primeira tentativa

Marina disse que o projeto da Rede de Sustentabilidade é debater os problemas do país

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 23/09/2015 às 7:51
Leitura:
Foto: Divulgação / TSE

O Brasil passa a ter agora 34 partidos políticos. Ontem a noite, por unanimidade, o Tribunal Superior Eleitoral aprovou a criação da Rede Sustentabilidade, fundado pela ex-ministra do meio ambiente, ex-senadora do PT do Acre, e candidata a presidência da república pelo PSB nas eleições do ano passado, Marina Silva.

Acompanhada de políticos do novo partido, e cercada por dirigentes do PSB, Marina disse que o projeto da Rede Sustentabilidade é ser um partido que chega para debater os problemas do país. Confira os detalhes na matéria de Romoaldo de Souza, direto de Brasília:

Marina rechaçou a ideia de tirar a presidente do poder se não forem encontrados elementos de prova de envolvimento de Dilma Rousseff com a corrupção. Segundo a ex-senadora, se houver comprovação, não há o que se discutir, mas, sem provas, não se pode mudar um presidente da república só por discordar dele. O Partido da Sustentabilidade já poderá disputar as eleições municipais de 2016.

Mais Lidas