INCERTEZA

Servidores do INSS realizam assembleia para definir rumos da greve

Categoria está paralisada há mais de 70 dias

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 23/09/2015 às 14:48
Leitura:
Foto: Lélia Perlim/ Rádio Jornal

O Sindicato dos Previdenciários de Pernambuco (Sindisprev-PE) realiza uma assembleia com servidores do INSS nesta tarde (23) na gerência do Instituto, no bairro de Santo Amaro, na área central do Recife.

A pauta de discussão gira em torno da proposta do Governo Federal quanto às reivindicações da categoria, que está em greve há 76 dias. Os servidores já aceitaram o reajuste de 10,8% parcelados em duas vezes e pagos em dois anos, também tiveram contemplados a criação do plano de cargos e carreiras, realização de concurso público e agora estão aguardando a formalização do Governo Federal diante de três pontos que havia uma divergência.

A repórter Lélia Perlim traz os detalhes:

O secretário geral do Sindisprev-PE, Luiz Eustáquio Ramos, disse que o Governo fechou a negociação e que o documento entregue, por volta das 12h desta quarta-feira, não representa o que foi negociado. “Faltou algumas coisas como a devolução da grade 2009”, detalhou o secretário.

Além disso, o Governo Federal não deixa claro a forma como os servidores devem voltar ao trabalho, depois de tanto tempo paralisados. “A gente precisa voltar com um tempo hábil e organizadamente”, comentou o secretário, apontando a necessidade de mutirões.

Sobre o fim da greve, ela continua até uma proposta ser entregue pelo Governo Federal. Mas, mesmo que Pernambuco decida pelo fim, se a plenária nacional decidir pela manutenção da greve, os servidores permanecem de braços cruzados.

Mais Lidas