HABITAÇÃO

Polícia Militar prende líder comunitário durante mobilização por moradia no Recife

Protesto reúne 65 famílias que ocupavam um terreno do antigo depósito do Detran no bairro do Rosarinho

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 24/09/2015 às 9:38
Leitura:
Foto: Clarissa Siqueira/Rádio Jornal


Reportagem de Clarissa Siqueira

Um protesto nesta quinta-feira (24) pede a liberação do auxílio moradia para cerca de 65 famílias que ocupavam o antigo depósito do Detran no bairro do Rosarinho. O líder do protesto, Eraldo Lira, diz que as famílias se sentem enganadas pelo Governo do Estado. De acordo com ele, o terreno foi desocupado em maio e a promessa era que os primeiros R$ 200 reais seriam pagos em junho e, posteriormente, em agosto, mas não foram pagos até hoje.

Pouco tempo depois de conversar com a reportagem da Rádio Jornal, o organizador do movimento, Eraldo Lira, foi detido por desordem e desacato a autoridade após impedir a atuação do Corpo de Bombeiros. Uma das participantes do movimento, diz que está surpresa com a prisão e que o protesto vai continuar em frente à Companhia Estadual de Habitação e Obras (Cehab), que fica na Avenida Agamenon Magalhães.

O protesto chegou a interditar com pneus e entulhos queimados a Avenida Norte no cruzamento com a Rua 13 de Julho, no Bairro do Rosarinho, Zona Norte do Recife. Participantes do protesto querem ser atendidos por representantes do Governo do Estado para ter certeza de que vão receber o auxílio.

Mais Lidas