HOMENAGEM

Espetáculo “Chacrinha, o Musical” fica no Recife até este domingo

A primeira noite de apresentação lotou o Teatro de Santa Isabel

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 27/09/2015 às 17:55
Leitura:
Foto: Carlos Miguel/Rádio Jornal


José Abelardo Barbosa de Medeiros, o Chacrinha, conhecido pela irreverência e pelos muitos bordões, que ainda hoje são reproduzidos, dizia que “Na televisão nada se cria, tudo se copia”. Que grande ironia, hein, velho guerreiro? Ninguém conseguiu copiar aquele jeito espontâneo e extravagante dele de ser.

No palco do Cassino, comandando pelo Chacrinha, de 1982 a 1988, predominava o colorido do cenário, das luzes e dos maiôs brilhantes e cavados das Chacretes. A plateia animada complementava a alegria do maior comunicador do rádio e da televisão brasileira. Por ele, passaram artistas nacionais e internacionais como Raul Seixas, Sidney Magal, Cazuza, Luiz Gonzaga, Tim Maia, Elba Ramalho e Luiz Caldas.

O apresentador receberá uma grande e merecida homenagem na apresentação “Chacrinha, o Musical”, que chega no Recife nos dias 2, 3 e 4 de outubro, no Teatro de Santa Isabel, área Central da capital pernambucana. O espetáculo apresenta a trajetória do artista desde a infância onde nasceu, no município de Surubim, no Agreste do Estado, até o auge da carreira, no programa de auditório.




O ator Stepan Nercessian interpreta Chacrinha no musical e conta que a vinda ao Recife tem um sentimento especial. “Não tinha sentido falar da vida do Chacrinha se não levar isso para a terra dele, então, essa nossa ida ao Recife é repleta de significado para todos nós”, afirma.

O ator também explanou o significado que a Rádio Jornal teve para a vida do Chacrinha e de outros artistas do Brasil. “A Rádio Jornal, falando de Pernambuco para o mundo, foi onde ele foi fazer as primeiras locuções e eu sempre ressalvo que o Recife foi um ponto onde as muitas pessoas talentosíssimas do País saíram... Muitas pessoas saíam de vários locais do Brasil para ir fazer apresentações na Rádio Jornal”, conta.

O musical que dá vida ao apresentador que dizia “Eu estou aqui para confundir, eu não estou aqui para explicar” já emocionou 200 mil expectadores em temporadas no Rio de Janeiro e São Paulo e promete muita alegria, buzinadas e bacalhau.

Chacrinha nos deixou no dia 30 de junho de 1988. O velho guerreiro, que se apresentava com as mais extravagantes e coloridas fantasias, fez rir, encantou plateia, lançou artistas, tirou da cartola e saiu de cena aos 70 anos. A buzina silenciou, mas sobraram aplausos ao eterno velho guerreiro.

Confira, na reportagem de Isabela Dias, a entrevista completa com o ator Stepan Nercessian, onde ele conta outras histórias de Chacrinha e fala detalhes do musical:

O comunicador Carlos Miguel foi ao espetáculo e filmou um trecho. Assista:


Serviço
Chacrinha, o Musical
Dias 2, 3 de outubro, às 20h, e dia 4 de outubro, às 19h
Teatro de Santa Isabel – Praça da República, s/n – Santo Antônio - Recife (PE)
Funcionamento da bilheteria: 9h às 12h e 13h às 17h
Camarotes A e B: R$ 50 (inteira) e R$ 25 (meia)
Plateia e frisas: R$ 100 (inteira) e R$ 50 (meia)
Classificação etária: 12 anos
Mais informações: (81) 3355-3323 ou 3355-3324

Mais Lidas