Consultório

A saúde da mulher foi o tema desta terça-feira (29)

No Dia Mundial do Coração, a saúde da mulher foi o principal tema

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 29/09/2015 às 21:51
Leitura:
Foto: produção

Hoje é comemorado o Dia Mundial do Coração e a saúde da mulher foi o tema desta terça-feira, (29). O índice de mortes cardiovasculares era figurado em grande escala por homens, mas nas últimas décadas a mulher também tem aparecido com grande frequência nesses casos.

Graça Araújo conversou com a Drª Sileide Leite, psicanalista que atende pessoas em sua clínica e desenvolve estudos e pesquisas na área. A Drª aponta a vida da mulher no mundo atual e as suas muitas atividades dentro e fora de casa, o que favorece o estresse e, consequentemente a facilidade de surgir doenças do coração. “O cansaço, a sonolência, a irritabilidade, dor de cabeça, diarreias, dores musculares”, todos esses são sintomas sutis que a mulher pode desenvolver sem saber que está adoecendo aos poucos, alerta a psicanalista.

Graça conversou também com o Dr. Silvio Paffer, cardiologista que disse que para se tratar do coração é preciso usar a razão, ou seja, se prevenir antes que a doença ataque. O estresse também foi apontado pelo médico como um principal fator das doenças cardiovasculares. Ele mencionou a “Síndrome do Coração Partido”, mais frequente em mulheres que em homens, onde o coração sofre os mesmos sintomas de um infarto. “Uma situação de estresse profundo, uma pessoa que se separou depois de vinte anos de casada, uma decepção grande com um filho”, a carga de estresse é tão grande que isso afeta diretamente o coração, explicou o cardiologista.

Análise, lazer, tratamentos, cuidados preventivos, prioridades e dúvidas dos ouvintes foram debatidos no consultório de hoje. Saiba como cuidar da sua saúde e da de quem você ama.

Ouça o programa na íntegra:

Mais Lidas