GASOLINA/ETANOL

Consumidor já tenta driblar aumento do combustível, mesmo antes do repasse nos postos

A gasolina deve sofrer reajuste de 6%. Já o diesel vai ter aumento de 4%

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 01/10/2015 às 14:54
Leitura:

Com um novo reajuste nos preços do combustível à vista, os consumidores tentam traçar estratégias para driblar o aumento. A gasolina deve sofrer reajuste de 6%. Já o diesel vai ter aumento de 4%. A medida entrou em vigor a meia noite dessa quarta-feira (30) e vai atingir o bolso dos consumidores, na medida que os combustíveis chegarem aos postos.

O presidente do Sindicato dos Revendedores de Combustíveis e Lojas de Conveniência de Pernambuco (Sindcombustíveis-Pe), Alfredo Pinheiro, diz que todos foram pegos de surpresa e considera o aumento alto.

Confira na reportagem de Isabela Dias:

Os motoristas de veículos flex acabam utilizando o etanol como opção. O frentista Welton Rodrigues conta que os clientes sempre procuram saber se vale a pena abastecer com etanol e que todos já estão preocupados com o aumento.

Para driblar o aumento, o funcionário público Fábio Luiz Rebelo sempre procura saber se abastecer com etanol é mais vantajoso e tem compartilhado caronas com amigos.

Dados do levantamento mais recente da Agência Nacional do Petróleo demonstram que a média de preços do litro de gasolina no Estado foi de R$ 3,43 na última semana. No Recife, a média sobe para R$ 3,45. Ainda de acordo com Alfredo Pinheiro, ainda não há como confirmar um valor específico de aumento para os consumidores. O presidente do Sindicombustível/PE participou do programa Passando a Limpo com os comunicadores Geraldo Freire, Graça Araújo e Wagner Gomes, e fez mais considerações sobre o aumento.

Confira o programa na íntegra:

Mais Lidas