INVESTIGAÇÃO

Último suspeito de participar de latrocínio de policial civil em Abreu e Lima é preso

Tatiane Ribeiro de Melo foi morta no final de agosto

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 01/10/2015 às 16:11
Leitura:


Um homem de 19 anos foi preso sob suspeita de fornecer as armas utilizadas no assalto que resultou na morte da policial civil, Tatiana Ribeiro de Melo, no final de agosto, em Caetés 1, em Abreu e Lima, na Região Metropolitana do Recife.

O ex-presidiário Iago Augusto de Souza também é suspeito de participar do assassinato de Danilo Andrade de Santana, de 22 anos, no dia 8 desse mês, um crime ligado ao tráfico de drogas. Outros dois homens, Rafael Barbos da Silva, de 19 anos, mais conhecido como Cabaça, e Rogério Lima Barros da Silva, de 23 anos, também foram presos sob suspeita de participar deste mesmo crime.

Os detalhes no flash de Lélia Perlim:

O delegado da Divisão de Homicídios Norte, Salatiel Ferreira, acredita que a segurança daquela região deve melhorar, já que o trio envolvido com tráfico de drogas, roubos e homicídios.

“Iago era o último indivíduo que faltava ser preso no caso do latrocínio da policial civil e, consequentemente, ele responderá em concurso de pessoa por esse latrocínio, mas ele também vai responder por outros crimes praticados”, destacou o delegado apontando ainda que Iago poderá responder por formação de quadrilha, dependendo da quantidade de membros encontrados envolvidos nos crimes.

O telefone da delegacia de Paulista é o 3184.7053.

Mais Lidas