PASSANDO A LIMPO

Advogada que redigiu pedido de impeachment de Dilma critica FHC e PSDB por não apoiarem documento

Janína Paschoal disse que há provas para tirar presidente do poder

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 02/10/2015 às 11:57
Leitura:

Em entrevista concedida na manhã desta sexta-feira (02) para o comunicador Geraldo Freire, durante o Passando a Limpo, a advogada Janaína Paschoal, que participa da redação do pedido de impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT), defendeu o processo para interromper o mandato da governante.

De acordo com Janaína, existem sim indícios que comprometem o governo da petista e que seriam suficientes para o processo de impedimento, que precisa passar pelo Congresso Nacional. O texto está em nome do jurista e ex-militante do PT, Hélio Bicudo e do ex-ministro da Justiça do governo Fernando Henrique Cardoso, Miguel Reale Júnior. “É um pedido sério, com embasamento, não é uma brincadeira”, declarou.

No pedido, estão as chamadas “pedaladas fiscais” e as suspeitas de irregularidades do dinheiro da campanha que reelegeu Dilma no ano passado. Mesmo que as práticas não correspondam ao atual mandato, para a advogada “isso não muda nada”.

Janaína também afirmou que um possível afastamento do presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB), não muda a tentativa do impeachment. Ela também criticou setores da oposição que não estão engajados no movimento. Citou o PSDB e criticou o ex-presidente Fernando Henrique: “O ex-presidente não pode falar sobre o pedido de impeachment, porque ele não leu o documento. Deveria ter uma outra postura”, declarou.

Além da entrevista, a bancada do programa, hoje constituída por Geraldo Freire, Graça Araújo, Laurindo Ferreira e Wagner Gomes, também falou sobre o show de Maria Bethânia, conversou com o deputado Mendonça Filho, sobre seu decreto de anistiar qualquer condutor que tenha sido multado pela falta do extintor de incêndio, e os que já pagaram terem o direito a ressarcimento ou atenuação.

Confira o programa na íntegra nos áudios abaixo:

Mais Lidas